No Brasil, acontece o movimento contrário: mesmo as pessoas tendo dinheiro, ficam com medo de gastar, mudam os hábitos”, ilustra. E, para 2018, é importante já olhar o calendário. É um ano de Copa do Mundo, eleições. Roger aconselha aos empreendedores pensar como estes grandes eventos …